Não adianta... ceia de natal tem que ter ave natalina (antigamente a gente dizia peru, mas hoje tem chester, fiesta, blesser, os superfrangos, etc). Mas na hora de se servir é aquela briga pelas coxas, já que ninguém gosta daquele peito seco e sem sabor.

Mas não sofram: hoje a Facas Coqueiro vai dar algumas dicas para fazer não só o peito, mas toda sua ave suculenta e molhadinha. Afinal, não queremos brigas no Natal.

Use a gravidade: sim... pode parecer estranho, mas como o peito fica na parte de cima, ao virá-lo, você vai usar a gravidade ao seu favor, fazendo com que os sucos se depositem nele. Isso pode ser feito durante todo o tempo em que a ave foi deixada marinando, na geladeira. Claro que depois de cinco horas no forno na posição normal, os líquidos vão se reposicionar. Por isso é indicado também que ele fique assando nessa posição invertida em pelo menos 1/3 do tempo. E no início, para não estragar a apresentação.

Regue com gordura: essa é simples, mas nem tanto. Para manter a suculência, é indicado que se regue a cada 30 minutos. Mas com um detalhe: é preciso usar a própria gordura que se deposita no fundo da assadeira. Não regue com a marinada ou qualquer outro líquido à base d'água. Isso vai resfriar a carne, dando um choque térmico e fazendo com que ela se contraia e os sucos fujam, ao invés de se espalhar. É um pouco mais técnico do que isso, mas foi o melhor jeito que encontramos para explicar.

Separe a pele: calma, ninguém quer que você tire a pela da ave. Ao contrário... ela é importante para que seja mantida a suculência. Mas é preciso afastar a pele da carne delicadamente para que elas não assem juntas e ressequem. E truque de mestre ainda está por vir: depois de afastada a pele, bezunte entre o peito e a pele com manteiga, azeite ou algum preparado dos dois, a base de gordura e depois reposicione a pele em seu devido lugar. Isso vai manter o calor dentro da ave e permitir que asse uniformemente, com os sucos se espalhando.

Deixe descansar: essa talvez seja a dica mais importante. Depois de assado, retire a ave do forno e a deixe descansar do jeito que está antes de servir por pelo menos 40 minutos. Isso porque durante o tempo de forno, a carne contrai e os sucos se concentram em alguns lugares. Ao cortar, eles vão escapar. Deixando descansar, os líquidos vão se redistribuir, fazendo com que a carne fique suculenta.

Então é isso. Seguindo uma ou duas dessas dicas já verá diferença em sua ceia de Natal. Seguindo todas, você será o mestre das aves natalinas. Feliz Natal e uma ótima ceia pra você e toda sua familia...